Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/10/2004 14:17

MS : Ministro manda aumentar verba da defesa sanitária

Famasul/Midiamax

Mato Grosso do Sul e Goiás vão ter aumentados os repasses de recursos do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para a implementação das ações de defesa agropecuária. A determinação partiu do próprio ministro Roberto Rodrigues que não escondeu seu desapontamento com a matemática dos assessores na divisão dos R$ 21,89 milhões para os serviços de sanidade animal e vegetal em 11 Estados do Centro-Sul do País.


Só para se ter uma idéia, Mato Grosso do Sul foi contemplado com apenas R$ 950 mil para um rebanho de 25 milhões de cabeças, o que representa R$ 0,04 por animal, enquanto Goiás, que tem mais de 20 milhões de bovinos, fora aquinhoado com apenas R$ 680 mil para a defesa animal, o que representa exatos R$ 0,03 por cabeça. Já o Distrito Federal, com o minúsculo rebanho de 98 mil animais, recebera R$ 550 mil, ou R$ 5,61 por cabeça.


Roberto Rodrigues concordou com as reivindicações dos representantes de Goiás e Mato Grosso do Sul de maior eqüidade na partilha dos recursos e determinou ao secretário de Defesa Agropecuária do Ministério, Maçao Tadano, que fizesse uma revisão do rateio, destinando mais recursos para Goiás e Mato Grosso do Sul. Em reuniões anteriores, no próprio Ministério, ficara acertado que a divisão dos recursos teria por base critérios objetivos, como tamanho do rebanho, extensão territorial da unidade da Federação e situação geográfica em relação às áreas de risco da febre aftosa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)