Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/12/2011 14:12

MS: jardineiro recupera objeto após pagar traficante

Campo Grande News/ Nadyenka Castro

Um jardineiro de 56 anos, que por receio prefere não se identificar, teve que pagar a um traficante para ter de volta equipamento de trabalho que havia sido furtado. “ Para poder trabalhar, não perder os clientes e conseguir meu dinheirinho, tive que fazer isso”, justifica.

Além de serviços de jardineiro, o trabalhador também atua como pedreiro e quando construía um imóvel, na Vila Nasser, em Campo Grande, fez amizade com uma família.

Ele morava no bairro e lá fez muitos clientes. Há alguns anos mudou de endereço e passou a deixar os equipamentos de trabalho no imóvel que havia construído e feito amizades.

Na madrugada da última sexta-feira, o local foi alvo de ladrões. Eles danificaram a cerca elétrica, pularam o muro alto e furtaram diversos objetos, entre eles um cortador de grama e uma maquita do jardineiro.

Ao constatar o furto, o trabalhador soube onde poderia estar seus equipamentos e conversou com um morador do bairro, apontado como traficante na região. “Ele disse que não estava com ele, mas sabia com quem estava. Um tempinho depois ele voltou e disse que a pessoa queria R$ 200. Eu paguei”, conta.

O jardineiro diz que só recuperou o cortador. “Comprei em 10 vezes de R$ 100 no cartão de crédito e só tinha pago uma parcela”, fala. “É dureza isso, a gente ter que pagar para ter uma coisa que já é nossa”, indigna-se.

A maquita, que ele comprou já usada por R$ 400, o trabalhador não conseguiu recuperar. “Ele [o traficante] disse que ainda não sabia com quem estava”.

Por causa do furto, o jardineiro ficou sem atender, segundo ele, aproximadamente cinco clientes na sexta-feira. “Agora vou ter que correr e colocar o serviço em dia. Já paguei pelo cortador e agora preciso recuperar o prejuízo”, finaliza o trabalhador que não acionou a Polícia. “Tive que procurar o equipamento para trabalhar”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)