Cassilândia, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

02/02/2007 16:26

MS já tem 986 casos notificados de dengue em fevereiro

Sandra Luz / Campo Grande News

As notificações de casos suspeitos de dengue já são 6,87% maiores que o quadro divulgado ontem pela SES (Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) referente aos primeiros 31 dias de janeiro. Até agora, o Estado tem 15.335 casos suspeitos da doença, 986 notificações referem-se ao dia 1º de fevereiro.

Dos casos registrados, 10.956 estão em Campo Grande, cidade que, segundo o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), sempre será incomodada pela dengue. Na Capital, fevereiro já tem 655 notificações um quadro total que representa 32,83% dos casos registrados em todo o Estado.

Segundo a assessoria de imprensa da SES, uma pessoa já morreu em Aquidauana por conta da dengue hemorrágica, uma das formas letais da doença. Houve, ainda uma morte em Laguna Caarapã e outros casos de dengue hemorrágica foram registrados em Dourados (quatro), além de Anastácio, Terenos e Itaporã.

A Secretaria de Saúde de Três Lagoas está estudando a suspeita de uma morte pela doença, a vítima, um menino de 12 anos que chegou receber atendimento no domingo, dia 28 de janeiro, mas morreu após uma parada cardíaca. A criança foi atendida com suspeita de dengue, mas o resultado oficial da causa da morte só será divulgado na próxima semana, após estudos de laudos do menino. Três Lagoas já tem 204 casos notificados de dengue. Durante todo o mês de janeiro de 2006 foram 15 notificações.

A situação é crítica também em Aquidauana, cujo volume de notificações cresceu 465 vezes, passando de duas em janeiro de 2006 para as atuais 672. Em Dourados, o volume evoluiu de 46 nos primeiros 31 dias do ano passado para 437. Também foi apontado crescimento em Jardim, de três para 312 e Miranda, que passou de seis notificações para 250.

Enquanto os números crescem diariamente, as condições para a proliferação da doença continuam. Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), chuvas moderadas a fortes atingem todo Mato Grosso do Sul até amanhã.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Outubro de 2017
Segunda, 23 de Outubro de 2017
09:00
Cultura
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)