Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/10/2008 14:37

MS gasta 30% a mais com segurança; Homicídio cai 1,6%

Aline dos Santos - Campo Grande News

No ano passado, Mato Grosso do Sul gastou 30% a mais com segurança em relação a 2006. De acordo com o Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o investimento saltou de R$ 415 milhões para 540 milhões. A despesa per capita foi de R$ 231,65.

Já a taxa de homicídios dolosos sofreu uma leve queda de 1,6%: passou de 24,29 para 24,05 por 100 mil habitantes. Em números, foi uma morte a menos. Em 2006, o Estado registrou 572 casos de homicídios com a intenção de matar. No ano passado, foram 571 ocorrências.

O total de latrocínios (roubo seguido de morte) passou de 10 em 2006 para 22 em 2007. Já as ocorrências de lesão corporal seguida de morte reduziram de 13 para 7.

No Estado, a PM (Polícia Militar) possui efetivo de 5003 pessoas, sendo 554 oficiais e 4.661 praças. A proporção é de um policial para 459,3 habitantes. Em relação à Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, a proporção é ainda maior. Mato Grosso do Sul tem um policial civil para 1.239,5 habitantes e um bombeiro a cada grupo de 1.799,5 habitantes. São 1.854 policiais civis (sendo 239 delegados) e 1.277 bombeiros.

O Estado possui 9.304 presos, porém o número de vagas não chega à metade. Para cada uma das 4.356 vagas, há 2,1 presos. No estudo, Mato Grosso do Sul foi incluído no grupo de 12 Estados que possui uma quantidade pequena de óbitos mal declarados, o que seria indicativo de uma maior confiabilidade dos dados disponíveis.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)