Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/02/2014 19:25

MS ganha nova regulamentação para a vacinação contra a brucelose

Agro Debate

A Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro) publicou na edição de segunda-feira (3), do Diário Oficial do estado uma nova portaria sobre a vacinação dos rebanhos bovino e bubalino contra a brucelose.
A portaria reafirma que a vacinação contra a brucelose para fêmeas bovinas e bubalinas com idade entre três e oito meses é obrigatória em todo o estado, com a aplicação de uma única dose da vacina B19, em procedimento que deve ser realizado por um médico veterinário cadastrado na Iagro.
O texto estabelece também que o produtor rural poderá escolher o momento da vacinação dos animais, mas que entre maio e novembro, todas as fêmeas, na idade indicada e que não tiverem sido imunizadas contra a doença, deverão ser vacinadas.
O produtor terá dois períodos para fazer a comunicação da vacinação. Para as fêmeas imunizadas no primeiro semestre até 30 de junho e para as vacinadas nos últimos seis meses do ano até 30 de dezembro.
Em caso de descumprimento, a portaria estabelece que o produtor, entre outras penalidades, ficará impedido de movimentar os animais, mesmo entre suas propriedades, e para todas as finalidades, incluindo o abate.
A portaria determina também que a Iagro fornecerá aos laticínios instalados no estado, no início de cada semestre, uma lista com os nomes dos produtores rurais que não estavam vacinando seus rebanhos contra a tuberculose, para que seja suspenso o fornecimento de leite até a regularização da situação sanitária.

Na frase a seguir, retirada do texto da materia, onde está escrito tuberculose leia-se brucelose... " A portaria determina também que a Iagro fornecerá aos laticínios instalados no estado, no início de cada semestre, uma lista com os nomes dos produtores rurais que não estavam vacinando seus rebanhos contra a tuberculose, para que seja suspenso o fornecimento de leite até a regularização da situação sanitária."
 
Caroline Rocha de Oliveira Lima em 06/02/2014 08:09:11
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)