Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/06/2004 08:14

MS foi o segundo em transplantes de rins em 2003

Fernanda Mathias / Campo Grande News

O Mato Grosso do Sul fechou o ano de 2003 com a segunda maior taxa nacional de transplantes de rins, segundo o relatório do Registro Brasileiro de Transplantes, órgão da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos, divulgado nesta sexta-feira pela Santa Casa de Campo Grande. No primeiro trimestre do ano passado o Estado se manteve à frente de São Paulo, que fechou o ano passado como principal transplantador por milhão de habitantes.
No ano de 2003 o Mato Grosso do Sul fechou com a média de 29,4 transplantes renais por milhão de habitantes, contra a média nacional de 18,4. Em São Paulo, que ficou em primeiro no ranking, a taxa foi de 32,1 por milhão de habitantes. Durante o ano passado foram realizados 61 transplantes renais na Santa Casa, sendo 36 com rim de doadores vivos e 25 com rim de doadores cadáveres. No início de 2003, o Estado atingiu a média de 33 procedimentos por milhão de habitantes, quando a média nacional no trimestre foi de 16,9 /milhão.
Desde a instituição da Comissão Intra-hospitalar de Transplante da Santa Casa em 2000, o Estado vem se destacando na área de transplantes renais, com percentuais sempre acima da média nacional. A Santa Casa é o único hospital do Mato Grosso do Sul que tem equipe de transplante renal e Comissão Intra-hospitalar de transplante ativas.
Em 2001, o Estado terminou o ano em segundo lugar no país. Em 2002, ficou na quinta posição com a média de 20,7 transplantes renais por milhão de habitantes, quando a média nacional era de 17/milhão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)