Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/01/2008 14:27

MS envia dados para contestar IBGE

O governo do Estado contesta dados estatísticos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com relação ao número de municípios que contam com brigadas do Corpo de Bombeiros em Mato Grosso do Sul. O Estado inclui na conta o município de Anastácio, a 128 km (quilômetros) de Campo Grande, que conta com apenas um bombeiro.

O 1° Subgrupamento de Bombeiros de Aquidauana informa que, além disso, o bombeiro não dirige a viatura à disposição em Anastácio e que as ocorrências devem aguardar o motorista que fica em Aquidauana. Os municípios distam cerca de 3 km. A seção dos Bombeiros em Anastácio também não possui telefone e para falar com o bombeiro é preciso ligar para um telefone público (orelhão).

Porém, mesmo excluindo Anastácio da lista, os dados do governo parecem desmentir o IBGE. Conforme o Instituto, dos 78 municípios do Estado, 18 deles têm brigadas do Corpo de Bombeiros. Segundo dados da agência de notícias do Estado, confrontados com informações do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros, 19 municípios dispõe de unidades.

São eles: Amambai, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho e Três Lagoas.

Contabilizando mais uma unidade, o Estado ficaria com um índice de 24,35% dos municípios cobertos.

Segundo o comandante geral da corporação, coronel Ociel Ortiz Elias, ainda há uma unidade em Bataguassu que deve ser inaugurada no último trimestre do ano. “A estrutura física já existe, devemos alocar mais militares que vão terminar o curso de formação este ano e comprar uma viatura específica de combate a incêndio”, disse.

O coronel explica ainda que “o Estado é dividido em regiões e cada unidade atende uma determinada área. Se acontecer um sinistro em Terenos, por exemplo, uma unidade da Capital vai atender”.

Brasil

No País, conforme o IBGE, apenas 635 dos 5.564 municípios dispõe de brigadas do Corpo de Bombeiros, o que representa 11,41%. Portanto, Mato Grosso do Sul está acima da média nacional.

Em comparação com os demais Estados, o Estado perde (tanto na conta do IBGE quanto na da corporação) em termos percentuais para o Distrito Federal, Rio de Janeiro e Santa Catarina. No Distrito Federal é considerado apenas um município, portanto, seria atendido em 100%. Rio de Janeiro tem percentual de 46,74% (dos 92 municípios 43 dispõe de brigadas) e Santa Catarina, 30,03%.



Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)