Cassilândia, Domingo, 26 de Março de 2017

Últimas Notícias

31/12/2005 09:34

MS entre estados a serem investigados por obras em BRs

Maristela Brunetto / Campo Grande News

Ao anunciar ontem a liberação de R$ 440 milhões para recuperação emergencial de rodovias federais no País, o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento afirmou que pedirá à CGU (Corregedoria Geral da União) que investigue os gastos feitos pelos estados com os recursos repassados em 2002, quando houve a estadualização de BRs. Mato Grosso do Sul está entre os estados a passarem pela fiscalização, conforme o ministro.
Os demais são MG, RS, BA, PR, MA, GO, TO, PE, PI, ES, AM, PB, RR e RO, segundo divulgou hoje a Folha de São Paulo. Em 2002, do R$ 1,8 bilhão repassado pela União, MS ficou com R$ 65 milhões e assumiu 685,6 quilômetros de estradas. A Secretaria de Infra-Estrutura defendeu o governo estadual recentemente, apontando o investimento de R$ 17 milhões em recursos próprios em BRs.
No começo do ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve chamar os governadores para falar sobre a estadualização. Ele reclamou recentemente que teve até governador que pagou 13º salário com a verba das rodovias e admitiu a possibilidade da União retomar os trechos.
"Como os Estados não fizeram a manutenção e alegam que não têm os recursos para fazer a recuperação, o governo vai, temporariamente, trazer para si a responsabilidade, fazer a recuperação e devolvê-las aos Estados", disse o ministro dos Transportes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 26 de Março de 2017
Sábado, 25 de Março de 2017
21:10
Cassilândia
15:01
Curiosidade
10:00
Receita do dia
06:20
Loterias
06:18
Loterias
Sexta, 24 de Março de 2017
23:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)