Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/04/2011 10:46

MS entra na guerra por ICMS de comércio on-line e quer arrecadar 45 milhões

Campo Grande News/ Aline dos Santos

Mato Grosso do Sul já tem data para entra na guerra pelo ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de produtos comprados na internet. “A partir de primeiro de maio, os produtos vão ter que pagar para entrar no Estado”, afirma o secretário estadual de Fazenda, Mário Sérgio Lorenzetto. A expectativa do governo estadual é arrecadar R$ 45 milhões em ICMS no período de doze meses.

Mato Grosso do Sul é o 19º Estado a ingressar no protocolo do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), que prevê a distribuição da cobrança do imposto entre o Estado de origem do produto e o Estado ao qual ele se destina. “A cobrança será de 10% na origem e de 7% no destino”, explica o secretário. Atualmente, somente o Estado de origem arrecada.

No próximo dia 29 de abril, em São Paulo, será realizada uma nova reunião entre os Estados. “É um jogo de pressão”, salienta Lorenzetto. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - os “grandes” do comércio pela internet – se negam a participar do acordo, para não perder arrecadação.

Segundo o secretário, a briga real pelos lucros do comércio virtual foi encabeçada pelo vizinho Mato Grosso. “Faz mais de dois anos que essa guerra está sendo travada”.

De acordo com Mário Sérgio Lorenzetto, o comércio regional nos setores de eletroeletrônicos e eletrodomésticos vem definhando em virtude das compras pela internet. “Os números são claríssimos”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)