Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/07/2006 15:09

MS engrossa coro para pressionar Congresso por Fundeb

Graciliano Rocha / Campo Grande News

Os gestores de educação de Mato Grosso do Sul vão engrossar o movimento de pressão sobre o Congresso Nacional pela aprovação da proposta de projeto de lei de regulamentação da proposta de emenda constitucional da Fundeb (Fundo Nacional da Educação Básica), aprovado este mês em comissão na Câmara.

O secretário estadual de Educação, Hélio de Lima, participa amanhã, 21, em Brasília, da II Reunião Extraordinária do Consed (Conselho Nacional dos Secretários de Educação). A principal pauta do encontro será o debate sobre as estratégias de mobilização para aprovar o PLN 004/2006, que abre crédito suplementar para o desenvolvimento do Ensino Médio, o Fundebinho. (Com informações da Agência Popular)

O novo fundo substituirá o atual Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério), que expira em 31 de dezembro. O Fundeb atenderá os alunos da educação infantil, do ensino fundamental e médio e da educação de jovens e adultos, alcançando 48 milhões de estudantes. O aporte da União será de R$ 4,5 bilhões, a partir do terceiro ano, o que representa cerca de 10% do valor total do fundo - Estados e municípios entram com o restante.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)