Cassilândia, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

24/05/2010 10:10

MS é um dos 8 no País onde Polícia deve parar na quarta

Campo Grande News/ Aline Queiroz

Mato Grosso do Sul é um dos oito Estados onde pode ocorrer paralisação da Polícia Civil nesta quarta-feira. Somente a votação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 300 conseguirá barrar a mobilização de agentes e escrivães.

A manifestação no País é organizada pela Cobrapol (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis).

Segundo o presidente do Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Alexandre Barbosa, o governo já foi comunicado na sexta-feira sobre a suspensão dos trabalhos. Hoje, o presidente do Sinpol/MS percorrerá as delegacias para organizar a classe em Campo Grande.

Em outra frente de atuação, representantes dos sindicatos do Brasil vão a Brasília para que a votação da PEC ocorra amanhã.

Caso não entre em pauta, os policiais cruzam os braços na quarta-feira. Somente 30% do efetivo manterão os serviços essenciais.

Será feito o registro de ocorrências, já as investigações ficarão paralisadas, segundo o presidente do Sinpol/MS.

Os policiais devem se reunir nas duas delegacias onde há maior movimento de pessoas: Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e Cepol (Centro Especializado de Polícias).

Caso a PEC seja aprovada, policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários terão um piso salarial nacional e passarão a receber, em média, R$ 3.500 por mês (nível médio) e R$ 7 mil (nível superior).

Se a proposta não for aprovada, mais 11 Estados devem aderir à paralisação até o final desta semana.

A PEC voltou a ser incluída na pauta do plenário da Câmara e quase foi votada em sessão extraordinária na semana passada.

Segundo a Cobrapol, a matéria, que havia sido retirada da Ordem do Dia em função de um acordo de lideranças, só retornou após a mobilização dos policiais civis nos Estados.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
06:20
Libertadores da América
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)