Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/05/2010 10:10

MS é um dos 8 no País onde Polícia deve parar na quarta

Campo Grande News/ Aline Queiroz

Mato Grosso do Sul é um dos oito Estados onde pode ocorrer paralisação da Polícia Civil nesta quarta-feira. Somente a votação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 300 conseguirá barrar a mobilização de agentes e escrivães.

A manifestação no País é organizada pela Cobrapol (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis).

Segundo o presidente do Sinpol/MS (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Alexandre Barbosa, o governo já foi comunicado na sexta-feira sobre a suspensão dos trabalhos. Hoje, o presidente do Sinpol/MS percorrerá as delegacias para organizar a classe em Campo Grande.

Em outra frente de atuação, representantes dos sindicatos do Brasil vão a Brasília para que a votação da PEC ocorra amanhã.

Caso não entre em pauta, os policiais cruzam os braços na quarta-feira. Somente 30% do efetivo manterão os serviços essenciais.

Será feito o registro de ocorrências, já as investigações ficarão paralisadas, segundo o presidente do Sinpol/MS.

Os policiais devem se reunir nas duas delegacias onde há maior movimento de pessoas: Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e Cepol (Centro Especializado de Polícias).

Caso a PEC seja aprovada, policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários terão um piso salarial nacional e passarão a receber, em média, R$ 3.500 por mês (nível médio) e R$ 7 mil (nível superior).

Se a proposta não for aprovada, mais 11 Estados devem aderir à paralisação até o final desta semana.

A PEC voltou a ser incluída na pauta do plenário da Câmara e quase foi votada em sessão extraordinária na semana passada.

Segundo a Cobrapol, a matéria, que havia sido retirada da Ordem do Dia em função de um acordo de lideranças, só retornou após a mobilização dos policiais civis nos Estados.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)