Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/01/2015 10:00

MS é o quinto estado brasileiro em número de mortes

G1 - MS

Mato Grosso do Sul teve quatro mortes por raios em 2014, segundo levantamento feito pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (30)

O estado é o quinto no país em número de mortes provacadas pelo fenômeno natural entre 2000 e 2014, de acordo com o órgão, quando foram registradas 111 mortes por raios. O número fica abaixo do registros em São Paulo, onde 288 morreram, Minas Gerais (132), Rio Grande do Sul (130) e Pará (126).

O Brasil teve 98 registros de motes por raios, um a menos do que em 2013. Os estados que mais tiveram óbitos foram São Paulo (17), Maranhão (16), Piaú (7) e Amazonas e Pará (6 cada um). A incidências de raios no país é de 50 milhões por ano, conforme o grupo. A cada 50 mortes no mundo por descargas elétricas, uma ocorre no Brasil.

De acordo com o órgão, o levantamento foi feito com base em informações fornecidas pela imprensa, Defesa Civil e Ministério da Saúde.

Levantamento
Entre 2000 e 2014 foram registradas 1.792 mortes provocadas pelo fenômeno natural no país. O maior número de mortes foi registrado em 2001 (193 casos) e o menor foi em 2011, com 82 registros.

Conforme o grupo, 82% das vítimas eram homens e 19% mulheres e a maioria tinha faixa etária entre 14 e 24 anos, seguido pelo grupo de 0 a 14 anos. Os registros de mortes foram maiores no verão (43%) e menores no inverno (9%).

Segundo levantamento feito pelo Elat, 24% das incidências de raios foram durante atividades rurais, 17% dentro de casa, 11% próximo de veículos, 9% embaixo de árvores, 8% durante jogos de futebol, 5% sob coberturas, 5% na praia e 21% em outras circunstâncias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)