Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/12/2012 18:17

MS é o quarto em denúncias de violências contra público gay

Campo Grande News/ Gabriel Neris

O número de denúncias de violência contra a população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros), idosos, deficientes, crianças e adolescentes, e moradores de rua, aumentou em 114% entre os meses de janeiro e novembro de 2012, em relação ao mesmo período do ano passado, em Mato Grosso do Sul. O percentual elevado coloca Mato Grosso do Sul na quarta colocação no ranking entre estados.

Os dados são da (SDH) Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, que avalia as ligações ao Disque 100.

De acordo com o SDH, em 2011 foram registrados 1.427 denúncias contra 3.052 deste ano. O número de casos denunciados chega a atingir 62,31 para cada 50 mil habitantes, conforme o SDH.

O percentual elevado coloca Mato Grosso do Sul na quarta colocação no ranking entre estados. A primeira colocação entre os estados que mais registraram aumento no número de violência ficou com o Amapá. Em apenas um ano houve aumento de 153%, seguido pelo Acre, com 129%, e Distrito Federal, com 120%.

Os melhores resultados ficaram com Piauí, com aumento de 48% no número de casos denunciados, Pará, com 52%, e Maranhão, com 57%. Nenhum dos 27 estados apresentou redução no número de denúncias de violação de Direitos Humanos de 2012 em comparação ao ano passado.

Do mês de maio de 2003 até novembro deste ano, o Disque 100 já recebeu e encaminhou 396.693 denúncias no Brasil inteiro. No primeiro ano de funcionamento, foram registradas 4.494 denúncias. Em 2012, entre janeiro e novembro, foram 155.336 casos denunciados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)