Cassilândia, Sábado, 07 de Dezembro de 2019

Últimas Notícias

30/11/2019 07:40

MS e mais seis estados terão compra compartilhada de medicamentos

Campo Grande News

 

Mato Grosso do Sul e mais seis estados farão a compra compartilhada de medicamentos para tratamento de doenças degenerativas e de alta complexidade. A deliberação desta nova modalidade de compra pelo Consórcio Brasil Central deve reduzir os custos para o Estado em até 30% e dar maior celeridade aos processos. A publicação do Edital de licitação foi feita ontem (28).

Os benefícios desta nova modalidade foram destacadas pelo governador de MS, Reinaldo Azambuja que está em São Luiz do Maranhão participando da reunião do 21 º Fórum de Governadores do Consórcio Interestadual para Desenvolvimento do Brasil Central. Hoje ele visitou o porto de Itaqui e destacou a importância da compra da licitação.

O pregão para a compra dos medicamentos acontece no dia 11 de dezembro, na modalidade menor valor por item, visando formar o Sistema de Registro de Preços. A licitação conta com subsídios de R$ 170 milhões, recursos dos sete estados integrantes do BrC: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Maranhão, Distrito Federal e Rondônia.

“A lógica do Consórcio é discutirmos o desenvolvimento dos nossos Estados conjuntamente. Quando avançamos em pautas importantes, como esta da compra de medicamentos, isto representa um avanço”, disse o governador Reinaldo Azambuja.

O governador enfatiza, que, além da otimização do processo licitatório, que nos moldes tradicionais levam no mínimo 60 dias no seu trâmite, a compra conjunta vai forçar a queda nos valores praticados pelo mercado farmacêutico. “São 170 milhões de compras para sete Estados, com certeza terá uma redução de custo”, completou.

A expectativa do Governo é que a primeira aquisição de remédios neste modelo de licitação chegue em Mato Grosso do Sul já na segunda quinzena de janeiro de 2020. A contrapartida sul-mato-grossense para o pregão é de R$ 25 milhões.

O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, adiantou que a compra envolve 103 medicamentos de alta complexidade. “A nova modalidade vai nos assegurar agilidade, redução substancial do custo dos, mas principalmente, beneficiar a população de Mato Grosso do Sul que precisa dos remédios para uma melhor qualidade de vida”.

Consórcio Brasil Central-O turismo foi outro assunto abordado na última reunião do ano de 2019. Os governadores do Grupo e secretários de Estados discutiram projeto que têm objetivo de estimular o setor turístico desta região, como também logística e infraestrutura.

A ideia é criar um roteiro turístico que envolve os participantes. “Apresentamos a região na feira de Londres e estamos discutindo um roteiro único para o Brasil Central que atraia mais investimentos para nossos Estados”, completou Riedel.

O governador também destacou que o grupo discutiu projetos que melhorem a logística da região. No Porto de Itaqui, ele ressaltou que o investimento neste segmento é o que o mais Brasil precisa. “Investimentos em Portos e outros modais garantem o escoamento das nossas riquezas”, finalizou.

Na pauta desta edição também foi definido o novo comando da presidência do BrC que hoje esta com o governador Reinaldo Azambuja. Para 2020, a missão ficou para Mauro Mendes, governador de Mato Grosso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 07 de Dezembro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Sexta, 06 de Dezembro de 2019
09:00
Santo do Dia
Quinta, 05 de Dezembro de 2019
16:00
Direitos da pessoa com deficiência
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)