Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/04/2013 11:06

MS e grupo Chinês BBCA assinam acordo para instalar fábrica de US$ 320 milhões

Bianca de Freitas Caruso, noticiasms
Foto Rachid WaquedFoto Rachid Waqued

Campo Grande (MS) – O governador André Puccinelli e a empresa chinesa BBCA Group, uma das potências da China em biotecnologia, fecharam carta de intenção em Beng Bu, Província de Anhuí, localizada a 900 quilômetros de Pequim, para a implantação de uma unidade de processamento de milho em Maracaju. Os investimentos somam US$ 320 milhões numa fábrica que deverá empregar pelo menos 400 trabalhadores diretamente.

O acordo assinado pelo governador e o prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, com o diretor presidente do BBCA Group, Li Roger Jie, prevê uma parceria entre a empresa, o governo do Estado e a prefeitura. A expectativa é que a implantação da fábrica tenha início em 2013 com a operação já no ano de 2015.

Os entendimentos com a BBCA foram iniciados em 2009, na primeira visita do governador à China. Diretores da empresa já estiveram em Maracaju durante a Showtec 2013 e devem voltar ao município no mês de maio para acelerar as negociações. A empresa precisa da destinação de 100 hectares de área para a sede dos empreendimentos e vai adquirir mais 50 hectares. Além disso, depende dos incentivos fiscais que o Estado e a prefeitura vão fornecer para realizar o empreendimento que abre caminho para uma grande cadeia produtiva em torno do milho, empregando mais de dois mil pessoas entre a produção e a industrialização da matéria prima.

André Puccinelli confirmou apoio integral ao projeto das autoridades chinesas de BengBu e da Província de Anhui, onde se reuniu também com o prefeito de BengBu e a vice-governadora de Anhui, Hua Jianhuí e seus secretários estaduais.

BBCA

A BBCA pretende treinar alguns trabalhadores nas unidades industriais da China e produzir alimentos de padrão internacional de qualidade, utilizando como insumos 600 mil toneladas anuais de milho e 300 mil toneladas de eucalipto. O milho será utilizado na produção de amido, glucose, maltose, óleo, proteína de milho em pó, fibra alimentar, gérmen de milho, lisina e ácido cítrico.

Fundada em 1958, a BBCA é uma das maiores empresas de ciência e tecnologia para a bioquímica, bioenergia e biofarmacêutica da China, com mais de 8.700 funcionários. Como uma das maiores empresas de ciência e tecnologia para a bioquímica, bioenergia e biofarmacêutica, o grupo se destaca como nacional de inovação empresarial, alta tecnologia nacional enterprise e base de dados nacional de ciência, tecnologia e de inovação comercial.

Até o final de 2005, o ativo total da empresa chegou a 19.300 mil funcionários. No final de 2006, o BBCA Grupo vendeu suas ações da BBCA Bioquímica à COFCO. Após a reforma, o grupo tem 8.700 funcionários e oito subsidiárias: BBCA Farmacêuticos, Taifu Indústria, BBCA Bioquímica, Tigre-Biologia, BBCA Gelatin, BBCA Food, BBCA Pharmaceutical Technology, Química e Equipamentos BBCA. O mais importante é a BBCA tem Centro Nacional de Pesquisa de Engenharia de Tecnologia de Fermentação e Pharmaceutical R & D Center que possui mais de 370 patentes.

Durante o Plano de Cinco Anos (2011-2015), Grupo BBCA adotou a estratégia de "ir para fora". Baseando-se na tecnologia de fermentação avançada biológica e a influência global dos nossos principais produtos, o BBCA Grupo exporta tecnologia de transformação profunda e equipamentos agrícolas para os recursos agrícolas abundantes nas regiões como a América do Sul, Europa Oriental e Sudeste da Ásia.

A fim de cumprir as exigências do mercado interno, a BBCA importa muitos produtos, tais como óleo de peixe, farinha de peixe, soja, azeite, leite em pó, farinha de ossos, vinho, glicerina, frutas, e alfalfa. Agora o grupo fundou várias empresas estrangeiras que estão localizadas em Buenos Aires, Los Angeles, Paris, Bélgica, Brasil, Tailândia, entre outros.

Colaborou Rachid Waqued, da China

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)