Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

04/11/2003 15:10

MS: diretores poderão relacionar alunos que faltam aula

Raquel dos Passos

O deputado estadual Pastor Barbosa (PMDB) apresentou Projeto de Lei que dispõe sobre a obrigação dos diretores das escolas da Rede Estadual de Ensino de informar a relação de alunos com alto índice de faltas.

Conforme o projeto, os diretores ficam obrigados a notificar os pais ou responsáveis dos alunos, que atingem 50% de faltas por mês em cada matéria ministrada, para que compareçam à respectiva unidade escolar, no prazo máximo de 72 horas, a fim de que seja justificada a ausência do estudante, além de comprometerem-se, sob pena de Lei, a fiscalizar o comportamento escolar desses dependentes.

Na justificativa da proposição, Pastor Barbosa disse que é inegável que o Estado, através de políticas próprias ou nacionais, tem dado oportunidade de acesso ao ensino fundamental à pessoas de todas as classes sociais. “Do mesmo modo, é inegável o número de evasão escolar e o alto índice de repetência não só ao nível citado, como igualmente ao médio, constituindo-se, esses males, como fator a ser enfrentado para se obter uma escolar de qualidade para todos”, ressaltou.

Conforme o deputado, segundo as regras da Constituição Federal, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, é dever dos pais ou responsáveis matricular os menores em cursos escolares, assim como participar do desenvolvimento estudantil, acompanhando e disciplinando suas atividades. Ele destaca que, inúmeras famílias, por falta de informação, ou até mesmo educação, são iludidas por jovens estudantes, sob a desculpa da obrigação escolar, que faltam aula para fins nem sempre aprováveis ou legais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Setembro de 2020
Terça, 22 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)