Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/03/2008 18:47

MS confirma 38 casos de febre amarela desde 2007

Irene Lôbo/ABr

Brasília - O último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde informa que até o dia 14 deste mês foram notificados 65 casos suspeitos de febre amarela silvestre no país desde 16 de dezembro de 2007, quando foi confirmado o primeiro caso da doença. Desse total, 38 casos foram confirmados, com 20 mortes. O boletim divulgado pelo ministério diz que outros 23 casos foram descartados para febre amarela e quatro permanecem em investigação.


Quanto aos prováveis locais de infecção dos casos confirmados, 55% foram em áreas silvestres de Goiás; 22% em Mato Grosso do Sul; 13% no Distrito Federal; 5% no Mato Grosso e 5% no Paraná.

Dos 38 casos confirmados para febre amarela silvestre, 71% foram em homens, com idade média de 40 anos, variando entre 15 e 69 anos. Destes, 87% não eram vacinados e 13% haviam sido vacinados há mais de dez anos.

Desde dezembro de 2007, ainda segundo o boletim, foram distribuídas 14,330 milhões de doses de vacinas contra febre amarela para as 27 unidades federadas e aplicadas 8.314.458 doses, das quais 7.778.491 nos meses de janeiro e fevereiro de 2008.

Dados parciais recebidos do Distrito Federal e de Goiás apontam aplicação de 1.413.644 e de 2.798.726 doses de vacinas, respectivamente, de dezembro passado a fevereiro de 2008.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)