Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/07/2005 16:20

MS comercializa 5,73% a mais de vacinas anti-aftosa

Aline Rocha / Campo Grande News

A indústria veterinária comercializou mais de 166 milhões de doses de vacinas contra a febre aftosa no primeiro semestre do ano em todo Brasil. Mato Grosso do Sul aumentou em 5,73% esse número. Conforme informações da CSV (Central de Selagem de Vacinas), localizada em Vinhedo (SP), que centraliza a distribuição de vacinas contra aftosa no País, no primeiro semestre deste ano foram comercializadas 16,6 milhões, enquanto que no mesmo período do ano passado, 15,7 milhões.
Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a cobertura vacinal na primeira etapa da campanha oficial de vacinação contra a febre aftosa chegou a 98%, com evolução em vários estados.
A vacinação contra a febre aftosa prossegue no segundo semestre. Em setembro, serão imunizados os rebanhos de Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e leste de Minas. Em outubro, é a vez do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Amazonas e Roraima. Em novembro, ocorre o ponto alto da vacinação no segundo semestre com a imunização dos rebanhos no Acre, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Amapá, Maranhão, Piauí, Sergipe, Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e oeste de Minas Gerais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)