Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/06/2012 15:57

MS: Câmara aprova projeto que federaliza 460km de rodovia

Campo Grande News/ Fabiano Arruda

A CVT (Comissão de Viação e Transporte) da Câmara Federal aprovou, na última quarta-feira, o Projeto de Lei 2.841/11 que tornam federais 460 quilômetros de rodovias em Mato Grosso do Sul. Agora, o texto segue para apreciação pela CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania).

A nova rodovia federal começa em Ilha Solteira (SP) e passa por Chapadão do Sul. Segue em território sul-mato-grossense até Alto Taquari (MT). A rodovia termina no entroncamento com a BR-163, no município de Marcelândia.

Pelo projeto, o trecho que ser federalizado no Estado começa pela MS-444, na divisa com São Paulo, passando pela MS-112. A partir daí pode-se utilizar a MS-426 e a MS-306, até Chapadão do Sul.

Outra alternativa estudada é que o percurso, a partir da MS-112, utilize a MS-316 até o entroncamento com a MS-320, que dá acesso a Chapadão do Sul, onde a intenção é federalizar cerca 150 quilômetros da rodovia MS-306 até divisa com o estado de Mato Grosso. Com isto, o total pode somar 460 quilômetros de estradas federais.

A matéria inclui no PNV (Plano Nacional de Viação) 2,2 mil quilômetros de estradas que hoje são geridas pelos governos estaduais em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Mato Grosso.

Na prática, a partir do momento em que a estrada é federalizada, os recursos para reparos e a competência passa a ser da União por meio do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)