Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/02/2007 21:18

MS - Bovinos com suspeita de febre aftosa serão abatidos

Grazielle Machado/ABr

Brasília - Os produtores dos municípios de Japorã, Eldorado e Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul, terão de abater os animais que apresentarem o vírus da febre aftosa. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento analisou amostras de 12 mil cabeças de gado bovino, mas encontrou poucos animais com o vírus.

O secretário de Defesa Agropecuária do ministério, Gabriel Alves Maciel, explicou que o gado na região não está totalmente contaminado e que o vírus encontrado pode ser uma resposta à vacina contra aftosa. O abate, acrescentou, é uma medida de segurança para que o vírus não se manifeste.


A carne dos animais, segundo Maciel, poderá ser comercializada normalmente, já que o vírus ainda não se manifestou. E os frigoríficos municipais estarão isentos do pagamento do Imposto sobre Comercialização de Mercadorias e Serviços (ICMS), como incentivo ao abate. “Esse é um processo que não oferece risco porque é uma carne normal”, garantiu o secretário.


Para evitar a contaminação do gado brasileiro, o ministério criará uma Área de Proteção e Vigilância Especial entre o Paraguai e os três municípios de Mato Grosso do Sul, com a instalação de mais barreiras móveis rodoviárias e fluviais. Nos últimos meses foram detectados focos de febre aftosa naquele país.


Amanhã (13), a questão deverá ser debatida por secretários de Agricultura de 14 estados, que se reunirão no Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)