Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/04/2007 15:24

MS aguarda sinal da União para financiar dívida

O governador André Puccinelli (PMDB) disse que a proposta de financiar junto a bancos a dívida do Estado com a União já foi formulada e apresentada ao governo federal durante a reunião dos governadores com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em entrevista ao Midiamax, André disse que Mato Grosso do Sul aguarda somente a sinalização do Planalto.

O governador disse ainda que o presidente Lula não autorizaria o Tesouro Nacional a negociar as cláusulas do contrato diretamente com os Estados, mas que permitia às unidades federativas negociar “uma solução de mercado”, ou seja, financiar em bancos, relatou André.

André explicou que o governo federal ainda não apresentou sob quais regras a negociação poderá ser feita, e que somente depois da autorização, ele vai iniciar as negociações com bancos. Entretanto, a movimentação dos agentes financeiros já começou. Há poucos dias, o governador recebeu visita de ‘cortesia’ do presidente de um banco privado.

Puccinelli disse que o assunto não será debatido hoje em jantar, em Brasília (DF), com o presidente Lula. O governador foi um dos 150 peemedebistas – entre ministros, parlamentares federais e governadores – convidados pelo presidente nacional do PMDB, Michel Temer (SP), e pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), para um jantar com o presidente.

A proposta de financiamento da dívida do Estado em bancos foi relembrada nesta manhã pelo presidente da Assembléia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB). O parlamentar disse que a dívida corrigida aproximada é de R$ 7 bilhões. Pelas regras do atual contrato, o serviço da dívida consome 15% do receita corrente líquida do Estado mensalmente.

Jerson lembrou que considerando o serviço da dívida, as vinculações orçamentárias, os repasses constitucionais, a folha de pagamento sobra pouco para o governo gerenciar.

Ontem, durante evento público, o governador havia dito que em 2007, o governo quase não poderá fazer investimentos além daqueles promovidos pelos fundos – Fecomp (Fundo Estadual de Combate à Pobreza), Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul) etc.



Alcindo Rocha - Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)