Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/09/2016 15:30

MS abate 876 mil cabeças de gado no trimestre e se mantém em 2º no ranking

Campo Grande News

No segundo trimestre de 2016, Mato Grosso do Sul abateu 876 mil cabeças de bovinos. O resultado que é 4,4% maior que no mesmo período do ano passado, posiciona o Estado como o segundo maior em abate do país, perdendo apenas para Mato Grosso. 

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que os estados da região Centro-Oeste lideram amplamente o abate de bovinos. O crescimento desses estados desponta frente a estabilização do setor a nível nacional.

No período, foram abatidas 3,64 mil cabeças bovinas a menos em todo o país, em relação ao segundo trimestre de 2015. Enquanto houve a redução no abate de cinco estados, outros cinco tiveram aumento, entre eles MS com incremento de 36,83 mil cabeças.

Porcos - MS também contribuiu para o aumento no abate nacional de suínos, com incremento de 35,75 mil cabeças. Porém, no ranking de oito estados que mais abatem, Mato Grosso do Sul aparece em último, mas com aumento de 10,8% do ano passado para cá.

Enquanto o abate de suínos cresceu, a exportação da carne caiu 41,8% no segundo trimestre de 2016 comparado a 2015. Os dados do IBGE mostram que o volume exportado passou de 2.763 milhões de quilos no ano passado para 1.606 milhão este ano.

Aves - Em relação ao abate de frangos, o Centro-Oeste contribuiu para o crescimento com 14% de alta. Só Mato Grosso do Sul abateu 761 mil cabeças de frango a mais este ano, ocupando a oitava posição entre os estados e com aumento de 1,8% em relação ao ano passado.

Em compensação, as exportações estaduais de frango cresceram 17% no segundo trimestre. O volume exportado cresceu de 40,335 milhões de quilos para 47,188 milhões de quilos. O aumento é maior que a média nacional que fechou em 15%.

Outros - Mato Grosso do Sul é o segundo no ranking que mede a quantidade de couro cru captado em curtumes. O Estado só perde para o Mato Grosso e aumentou em 15,9% sua participação no trimestre, frente a 2015.

O Estado também elevou em 6,9% a produção de ovos de galinha, mas é o penúltimo no ranking de 13 estados, vencendo apenas o Amazonas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)