Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/06/2012 10:27

MS: 19 municípios de até 50 mil habitantes recebem escavadeiras da União

Dezenove municípios de até 50 mil habitantes de Mato Grosso do Sul recebem, na próxima segunda-feira (8), 40 retroescavadeiras que vão melhorar as condições das estradas para  o escoamento dos produtos da agricultura familiar. Trata-se de mais uma ação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) do governo federal.
 
Os equipamentos também servirão para construir barragens para o enfrentamento da seca e facilitar o acesso às comunidades rurais. Cada localidade receberá uma máquina.
 
A cerimônia de entrega das chaves às prefeituras será realizada em Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros da capital Campo Grande, na presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas.
 
O ministério ainda leva para o estado o mutirão da documentação da trabalhadora rural e a Rede Brasil Rural (RBR) – inovadora ferramenta virtual de comercialização voltada para o fortalecimento da agricultura familiar.
 
Ao todo, Mato Grosso do Sul recebe 40 equipamentos – a previsão de entrega de outras 21 máquinas é ainda para este mês. O ministério aplicou R$ 6,5 milhões na aquisição do maquinário para o estado. A ação faz parte da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).
 
“Esse ato significa, acima de tudo, o compromisso deste governo com a inclusão social e, particularmente, com os agricultores familiares e os assentados da reforma agrária”, enfatiza o delegado federal do MDA no Mato Grosso do Sul, João Batista do Santos.
 
Para Sandra Maria Costa Soares, vice-presidente e diretora de Políticas Agrícolas da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no MS (Fetagri), as retroescavadeiras do PAC vão colaborar significativamente para o desenvolvimento dos assentamentos do estado. “Essa doação representará um grande avanço para nós. Vai melhorar a vida de milhares de agricultores ”, acredita.
 
O prefeito de Nova Alvorada do Sul, Arlei Barbosa, comemora a chegada da máquina que vai ser usada, principalmente, em melhorias na infraestrutura dos oito assentamentos no município. Segundo ele, as retroescavadeiras serão empregadas na abertura de caixa seca para matar a sede dos animais, na recuperação de curvas de nível em rios e aterros, além da abertura de estradas.
 
“Temos muito trabalho pela frente para facilitar o escoamento da produção e melhorar as condições das famílias assentadas”, planeja. O prefeito lembra que são mais de 1,4 mil famílias que vivem nos assentamentos e que já há lista de espera para a utilização do equipamento.
 
Cidadania
 
Durante a solenidade, trabalhadoras rurais da região poderão tirar documentos civis, trabalhistas e previdenciários, como carteira de trabalho, Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), carteira de identidade, CPF e certidão de nascimento.
 
Um ônibus do Programa de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR), chamado de Expresso Cidadã, ficará estacionado em frente à Prefeitura de Nova Alvorada do Sul para atender ao público. A ideia é que com a posse dos documentos as agricultoras consigam acessar as políticas públicas do Governo Federal.
 
Agricultura familiar
 

A agricultura familiar é hoje responsável por 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros. De acordo com o Censo Agropecuário de 2006, o mais recente feito no país, em Mato Grosso do Sul existem mais de 41 mil estabelecimentos da agricultura familiar, representando 63% do total de estabelecimentos agropecuários do estado.
 
A produção de mandioca e de café da agricultura familiar responde, respectivamente, por 77% e 68% do total produzido em MS. Outros destaques são a produção de leite de vaca e de cabra, com mais da metade vinda de produtores familiares e a de feijão, que corresponde a 56% do total.
 
Pela lei brasileira nº 11.326/2006, o agricultor familiar está definido como aquele que pratica atividades ou empreendimentos no meio rural, em área de até quatro módulos fiscais, utilizando predominantemente mão de obra da própria família em suas atividades econômicas. A lei abrange, também, silvicultores, aquicultores, extrativistas e pescadores.
 
Ação do PAC 2
 

Desde dezembro do ano passado, o MDA já entregou 642 retroescavadeiras a 660 municípios de de todo o País, com recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Neste primeiro momento, serão entregues 1.275 máquinas a 1.299 municípios, ao custo total de R$ 211,83 milhões.
 
O programa deve beneficiar uma população rural de 8,8 milhões de pessoas. O Rio Grande do Sul foi o primeiro estado a receber os equipamentos.
 
Recentemente, a presidenta Dilma Rousseff anunciou a doação de retroescavadeiras para mais 3.591 municípios até 50 mil habitantes, e de mais 1.330 motoniveladoras. O MDA abrirá confirmação de interesse a partir de junho, para municípios com menos de 50 mil habitantes e que não pertencem a regiões metropolitanas.
 
Rede Brasil Rural
 
Durante a cerimônia de entrega das retroescavadeiras, o MDA e o governo de Mato Grosso do Sul firmam um acordo de cooperação para a implementação da Rede Brasil Rural (RBR) no estado. A partir da assinatura, o termo terá a validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais 12 meses.
 
Lançada nacionalmente em dezembro passado, a rede é uma ferramenta virtual criada para organizar a cadeia de produtos da agricultura familiar, desde o processo de produção até o mercado consumidor. O acesso à RBR é feito pelo portal do MDA (redebrasilrural.mda.gov.br) e exige o cadastramento de cooperativas de agricultores familiares, que, juntas, podem vender seus produtos direto pela internet, além de comprar insumos agrícolas, máquinas e equipamentos.
 
A partir do momento que fazem parte da rede, os usuários podem comprar produtos, sementes, máquinas e equipamentos. As compras coletivas ajudam a baratear o preço dos insumos, reduzindo o custo de produção e tornando o produto final dos agricultores mais competitivo.
 
A rede pode ser acessada ainda por potenciais clientes, que contarão, assim, com um canal de compras mais eficiente para a aquisição de produtos da agricultura familiar. Quase 190 mil agricultores familiares já estão cadastrados na RBR, por meio de mais de 450 cooperativas.
 
Confira a lista dos municípios contemplados:
 
Território da Cidadania da Reforma
 

Anastácio
 
Bela Vista
 
Bodoquena
 
Bonito
 
Dois Irmãos do Buriti
 
Guia Lopes da Laguna
 
Jardim
 
Maracaju
 
Nioaque
 
Sidrolândia
 
Terenos
 
Território da Cidadania do Vale do Ivinhema
 

Bataguassu
 
Brasilândia
 
Taquarussu
 
Território da Cidadania da Grande Dourados
 

Caarapó
 
Douradina
 
Itaporã
 
Nova Alvorada do Sul
 
Rio Brilhante
 
Fonte: Ministério do Desenvolvimento Agrário

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)