Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/11/2006 09:31

MPF recomenda fim de taxa sobre cheques de valor baixo

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O MPF (Ministério Público Federal) fez recomendação para que os bancos parem de cobrar a tarifa pelo desconto de cheques de baixo valor. O procurador da República Luiz Fernando Gaspar Costa recomendou aos bancos ABN Amro, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Safra, Santander Banespa e Unibanco que acabem com a cobrança.

Ele estabeleceu um prazo de 15 dias para que os bancos cumpram a recomendação e respondam quais as medidas que tomarão para efetivá-la, sob pena de serem alvo de uma ação civil pública. Segundo reportagem da Folha on line, o procurador argumenta que a tarifa não equivale a uma prestação de serviço, diferentemente da taxa cobrada pela emissão do talão de cheques, por exemplo.

Já a Febraban (Federação dos Bancos Brasileiros) sustenta que a compensação de cheques é uma prestação de serviço e que a taxa cobrada é autorizada pelo Banco Central. Disse que a compensação de cheques "envolve a mobilização diária de uma extensa malha logística formada por uma frota de 1.849 veículos e 78 aviões espalhada por 27 Estados e por 5.278 municípios".
Por mês essa estrutura precisa compensar 128 milhões de cheques em 15 centros regionais, segundo a Febraban.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)