Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/08/2016 13:26

MPF recomenda ao prefeito fazer revisão do cadastro do programa Bolsa Família

Redação

Caiu como uma bomba no município. O Ministério Público Federal abriu inquérito civil para apurar possíveis irregularidades na concessão de Bolsa Família em Cassilândia. Na recomendação feita ao prefeito Marcelo Pelarin para fazer recadastramento no prazo máximo de sessenta dias, foi enviada relação de nomes de pessoas que podem ter recebido o benefício ilegalmente. A relação foi publicada no Diário Oficial do Município na edição de hoje e afixada na Prefeitura e Caixa Econômica Federal.

Estão sendo investigadas pessoas que recebem ou receberam bolsa família nas seguintes condições:

a- servidores públicos cuja família cadastrada seja composta por quatro ou menos pessoas;

b- doadores de campanha em valores superiores ao recebido do bolsa família;

c- proprietários ou responsáveis por empresas ativas

d- servidores públicos (independente da composição da família) e, cumulativamente, doadores de campanha (independente do valor doado); e 

e- pagamentos de benefício a pessoas falecidas.

A revisão cadastral deve ser feita precedita de visita às famílias beneficiárias.

O programa Bolsa Família destina-se a famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. Um dos requisitos  é a renda mensal ou de até R$ 77 por pessoa, ou entre R$ 77,01 a 15, nos termos do artigo 18 do Decreto n. 5.209/04.

O prefeito Pelarin já solicitou urgência na revisão dos cadastros.

MPF recomenda ao  prefeito fazer revisão do cadastro do programa Bolsa Família
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)