Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/07/2016 11:30

MPE-MS faz recomendação contra discriminação a moradores de rua

Midiamax

O MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) publicou nesta segunda-feira (11) uma recomendação à Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul, à Secretaria Municipal de Assistência Social e à Secretaria Municipal de Saúde, para que os servidores da saúde do município sejam capacitados a atenderem pessoas em situação de rua de maneira adequada.

A recomendação foi emitida após uma denúncia feita pelo Disque Direitos Humanos de que o morador de rua teria sido discriminado durante um atendimento na UBS Central (Unidade Básica de Saúde) do município. O senhor foi até a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Chapadão do Sul, onde foi ouvido.

De acordo com o depoimento prestado na Promotoria, o homem foi internado durante nove dias na rede pública de saúde após ter passado mal, e em seguida encaminhado para realizar uma série de exames na UBS Central, necessários para realização de uma cirurgia. Ele contou aos promotores que a recepcionista da unidade se recusou a agendar seus exames, por dizer que seria necessário apresentar comprovante de residência, depois de o homem ter informado estar abrigado na Casa de Passagem.

Ele acabou reencontrando os familiares, originários de Belo Oriente, Minas Gerais, depois de entrar em contato com o Serviço Especializado em Abordagem Social da Equipe de Alta Complexidade. No município, pôde realizar a cirurgia e receber os cuidados de sua família.

As recomendações emitidas pelo MPE-MS aos órgão públicos de Chapadão do Sul, para evitar novas discriminações, são de que as entidades “promovam a formação e a capacitação permanente de gestores e profissionais [...] no desenvolvimento de políticas públicas direcionadas às pessoas em situação de rua; observem e orientem seus subordinados a observar os preceitos legais da Política Nacional para a População em Situação de Rua (Decreto nº 7.053/2009) [...]; e abstenham-se [...] de toda e qualquer conduta que venha a ferir o direito à integridade física, psíquica e moral das pessoas em situação de rua”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)