Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/02/2009 22:59

MPE investiga contratos irregulares em Nova Alvorada

João Humberto, Campo Grande News

A contratação temporária de profissionais para trabalharem no programa ‘Saúde da Família’, em Nova Alvorada do Sul, está mexendo com o MPE (Ministério Público Estadual) que investiga eventual irregularidade no preenchimento dessas vagas, na gestão de 2004 e 2005.

Segundo a promotora de Justiça Daniele Borghetti Zampieri de Oliveira, os profissionais integrantes das equipes foram quase todos contratados sem nenhum processo seletivo, com a simples justificativa de a contratação se tratava de excepcional interesse público. Com isso os contratos temporários foram firmados sem a realização de concurso público sob a alegação de atender necessidade temporária.

Como a necessidade se tornou constante, a promotora destaca que existe discussão quanto à legitimidade das contratações sem concurso público. O inquérito aguarda o envio de documentos do secretário Municipal de Saúde de Nova Alvorada, que recebeu a notificação no dia 10 de fevereiro, tendo o prazo de 15 dias para apresentar a documentação requisitada pela Promotoria.

A ação foi impetrada ainda na Comarca de Rio Brilhante, visto que em Nova Alvorada ainda não havia uma Comarca, que só foi implantada em 2006. O procedimento foi transferido para a Comarca da cidade onde aconteceu o fato.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)