Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/10/2006 09:25

MPE deve apurar descaso com a segurança de Cassilândia

A notícia foi veiculada pelo site Midiamax, de Campo Grande. Leia:

Os promotores de Justiça dos Direitos Constitucionais dos Cidadão e do Consumidor da comarca de Cassilândia, Fábio Ianni Goldfinger e Ronaldo Vieira Francisco, instauraram um inquérito civil para apurar a omissão do Estado com a segurança pública no município de Cassilândia.


Consta no inquérito que a omissão ocorre em razão da precariedade, em termos de material humano e de trabalho da Policia Militar, Civil e Ambiental, além da falta de materiais básicos, como combustível e viaturas. Também foi denunciada a falta de segurança no presídio da cidade.


Segundo os promotores, foram encaminhados ofícios ao Governador do Estado e ao Secretário de Segurança Pública, pedindo explicações em relação a omissão do Estado e a precariedade na segurança pública constatada no município, quando da reunião realizada por diversas autoridades para tratar do assunto, oficio este que ainda não foi respondido.


O Ministério Público pretende apurar até que ponto está havendo prejuízo para a comunidade e a real situação dos organismos responsáveis pela segurança pública na região. Para isso foram expedidos ofícios solicitando informações à Diretoria-Geral da Polícia Civil, Comando-Geral da Polícia Militar, Comando da Polícia Militar Ambiental, Delegado Regional da Polícia Civil de Cassilândia e Comandante da Polícia Militar de Cassilândia.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)