Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/01/2007 19:37

MPE cede e aceita pagar servidores até 20 de janeiro

Humberto Marques/Campo Grande News

O Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul concordou em postergar o pagamento de seus funcionários referente ao mês de dezembro. Durante negociação realizada na tarde desta segunda-feira (8 de janeiro) na Secretaria de Estado de Fazenda, a procuradora-geral do órgão, procuradora Irma Anzoategui, ouviu do governador André Puccinelli (PMDB) o compromisso de pagar parte do dinheiro destinado aos servidores no dia 20 de janeiro.

“O MP permitiu que fosse pago parte do dinheiro no dia 20. Eles querem a maior parte dos R$ 8,7 milhões”, afirmou, ressaltando que a quantia é a mesma repassada ao órgão em dezembro passado. “Eles consentiram que o valor não tivesse acréscimo”, prosseguiu o governador. Irma Anzoategui, por sua vez, informou que “até o dia 20” espera receber cerca de R$ 6,8 milhões, valor da folha de pagamento do MPE.

Segundo a procuradora, o órgão recebia repasses estaduais em quatro ocasiões ao mês: cerca de R$ 400 mil no primeiro dia útil (usado para pagamento de aluguéis e dívidas com o INSS), R$ 6,5 milhões entre os dias 8 e 10 (salários), e mais R$ 1,75 milhão, divididos entre os dias 20 e 30 de cada mês. “Esse ano não recebemos nada. Agora, vamos esperar o repasse dos R$ 6,8 milhões”, complementou Irma Anzoategui.

Antes de negociar com o MP, Puccinelli já havia ouvido “cobranças” por parte do presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Claudionor Abss Duarte, acerca dos repasses ao órgão neste mês. O governador se comprometeu a pagar, entre os dias 8 e 10, parte do dinheiro a que o TJ tem direito – para o pagamento de parte do funcionalismo. Pressão semelhante já foi realizada, segundo o chefe do Executivo estadual, pela Assembléia Legislativa, Defensoria Pública e Tribunal de Contas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)