Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/07/2008 17:50

MP denuncia quadrilha que atuava no INSS do Pará

Agência Brasil

Brasília - O Ministério Público Federal (MPF) no Pará denunciou hoje (3) 31 pessoas envolvidas em fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Belém. “Existia uma quadrilha organizada dentro do INSS em Belém com funções específicas, divididas em vários ramos de atuação”, afirmou o procurador Rafael Rayol.

De acordo com o procurador, “uma parte da quadrilha era especializada por aliciar pessoas interessadas em receber benefícios previdenciários sem preencher os requisitos. Então, era encaminhado para outro setor da quadrilha, que falsificava toda a documentação necessária”, disse o procurador.

Segundo Rayol, o envolvimento de vários funcionários dificultava a descoberta do esquema. Por isso, só foi possível tomar conhecimento das atividades da quadrilha após um empresário denunciar que o sistema do INSS registrava débitos para um funcionário, que nunca havia trabalhado para ele.

O MPF ainda está apurando quantos benefícios foram concedidos indevidamente, mas até o momento já foram contabilizados ao menos duas mil fraudes. O prejuízo deve chegar "a vários milhões de reais", de acordo com Rafael Rayol.

Rayol disse também que o MPF está averiguando a participação das pessoas que receberam benefícios indevidos. O procurador explicou que essas pessoas pagavam de R$ 1 mil a R$ 3 mil para participarem do esquema.

Os envolvidos podem ser condenados a até 30 anos de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva, falsidade ideológica, falsificação de documentos e uso de documentos falsos. O MPF já pediu o afastamento cautelar de todos os servidores envolvidos até o julgamento definitivo da ação penal.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)