Cassilândia, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

Últimas Notícias

17/07/2019 13:39

MP denuncia ex-vereador por exigir dinheiro para não difamar políticos no Face

Tio e sobrinho foram alvos de operação em março; Gaeco colheu provas dos crimes de extorsão, calúnia e difamação

Campo Grande news

Alvos da Operação Hacker de Papel, deflagrada em março deste ano, o ex-presidente da Câmara de Brasilândia, Paulo Sérgio de Abreu, e o sobrinho Elielyton Abreu Martins Cordeiro, cobravam R$ 180 mensais para não difamarem políticos da cidade em página do Facebook. A informação consta na denúncia oferecida pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) contra a dupla.

Conforme a investigação, em 2017, Paulo Sérgio chamou cinco vereadores da cidade para uma reunião no gabinete da Presidência e exigiu o pagamento da mensalidade para repassar a uma terceira pessoa que supostamente o estava chantageando. O grupo pagou os R$ 180 por quatro meses.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) descobriu que o sobrinho do então presidente do Legislativo era o responsável pelas postagens difamatórias.

Além dos vereadores, outros agentes públicos e políticos de Brasilândia e Santa Rita do Pardo estavam sendo chantageados.

Em março deste ano, tio e sobrinho foram alvos de três mandados de busca e apreensão e dois mandados de medidas cautelares diversas da prisão. O Gaeco esteve nas casas do ex-presidente da Câmara e de Elielyton para colher provas dos crimes de extorsão, calúnia e difamação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 21 de Agosto de 2019
09:00
Santo do Dia
Terça, 20 de Agosto de 2019
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)