Cassilândia, Sábado, 29 de Abril de 2017

Últimas Notícias

15/08/2007 19:57

MP alerta Câmara que renúncia não barra cassação

Maristela Brunetto/Campo Grande News

Os promotores de Justiça que denunciaram o vereador Genildo Mendes Gomes (PT), de São Gabriel do Oeste, alertaram hoje a Câmara de Vereadores da cidade que o pedido de renúncia do parlamentar não tem efeito até que seja concluído o processo de investigação da comissão de ética da Casa. Isso significa que se os vereadores decidirem pela cassação de Gomes, a renúncia não valerá e não livrará o parlamentar da inelegibilidade.

Uma recomendação foi encaminhada à Câmara informando que a Constituição Federal prevê que um pedido de renúncia tem efeitos suspensos até decisão sobre a investigação da quebra de decoro quando a investigação já tiver em curso, como ocorre em São Gabriel, onde o relatório sobre a acusação contra o vereador deve sair na sexta-feira.

Gomes foi flagrado em maio tentando extorquir Maria Marilene Zatti, então presidente da Câmara, para encerrar denúncia de que ela acumulava o mandato com cargo na prefeitura. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Estadual à Justiça e cópia do processo foi encaminhada à Câmara.

Os promotores Adriano Lobo Viana de Resende, Alexandre Magno Benites de Lacerda, Cláudio Rogério Ferreira Gomes e Luiz Antônio Freitas de Almeida deram cinco dias de prazo para a presidência da Câmara responder sobre o que fará com o pedido de renúncia. A aceitação pode ser questionada pelo MPE através de mandado de segurança ou os promotores ainda podem abrir investigação por improbidade diante do desrespeito à Constituição.

A vereadora é investigada pelo MPE em relação ao acúmulo de cargo e o inquérito já está em fase final. A comissão de ética também instaurou processo contra Maria Marilene.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)