Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

17/11/2013 08:29

Movimento barra inscrições dos sem-terra com ‘fichas sujas’ em MS

Correio do Estado

O Movimento sul-mato-grossense da Agricultura Familiar (MAF), 6ª entidade de luta pela reforma agrária que age em Mato Grosso do Sul, atrai centenas de famílias desde a sua criação, três anos atrás, e suas ações diferem de entidades tradicionais que tocam a causa aqui no Estado. De acordo com matéria publicada na edição deste domingo (17) no jornal Correio do Estado, critério básico exigido pelo comando da organização: para integrar o grupo o interessado é avaliado antes e sumariamente reprovado se tiver a ficha suja. O movimento também proíbe a existência de analfabetos nos acampamentos, tendo como outro pré-requisito o interesse pela educação (estar matriculado em algum curso regular ou receber aulas frequentes).

Ficha suja é como ficou conhecida a Lei das Condições de Inelegibilidade, criada em 2010, que torna inelegível por oito anos candidatos que tiverem o mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenação por decisão de órgão colegiado [com mais de um juiz], mesmo que ainda não exista a possibilidade de recursos.

“A primeira coisa que fazemos é conhecer a pessoa examinar o seu passado. Logo de início pegamos cópias do CPF e da carteira de identidade. Investigamos o cidadão desde que ele nasceu. Não adianta ter a ficha suja, deixamos isso claro”, disse Rodionei Merlin, 41, o chefe mais importante da associação, que conta hoje com três acampamentos, 23 líderes e 1.170 cadastros, número que equivale a cerca de 4 mil pessoas. Detalhe: 80% dos associados ao MAF frequentam igrejas evangélicas.

A reportagem é de Celso Bejarano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)