Cassilândia, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

03/11/2015 12:04

Motoristas reclamam dos buracos em rodovias interditadas em Itajá, GO

G1 GO

Motoristas que trafegam pelas GOs 302 e 178 reclamam da grande quantidade de buracos nas rodovias no perímetro urbano de Itajá, no sudoeste de Goiás. Diante da situação precária do asfalto, a Justiça mandou que o trecho fosse interditado para veículos pesados. A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) e a prefeitura da cidade têm prazo máximo de 120 dias para recapear a pista.


Enquanto os reparos não são feitos, quem precisa trafegar pela região reclama dos desvios. “Tem buraco com força por aqui, não é fácil. A gente faz um desvio dentro da cidade para não ter que passar por aqui”, disse o motorista Tiago Augusto Francisco.


Apenas veículos de passeio podem trafegar pelo local. Montes de terra e veículos da Polícia Militar controlam a passagem na área interditada. Caminhões e carretas precisam seguir por um caminho que aumenta o percurso sem cerca de 50 km.


As rodovias dão acesso ao estado de Mato Grosso do Sul e a Lagoa Santa, cidade turística de Goiás. Turistas que passam pelo local também reclamam da situação. “Estou indo embora para São Paulo e acabei passando por aqui. E a situação está feia, sem condições”, disse o bombeiro Juliano Machado.


Condutores reclamam que a situação já dura três anos e que são feitos pequenos reparos, mas que logo o problema retorna. De acordo com a decisão judicial, a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) e a Prefeitura de Itajá têm 72 horas, a partir da notificação, para iniciar as obras e fazer a sinalização nas rodovias e também nas três avenidas principais da cidade que dão acesso às GOs.


A Agetop informou que ainda não foi notificada da decisão judicial até a manhã desta terça-feira (3).
O G1 tentou contato com a Prefeitura de Itajá, mas as ligações não foram atendidas até a publicação dessa reportagem.


Conforme a decisão, a obra deve ser concluída em até 120 dias. Em caso de descumprimento, foi estipulada multa diária de R$ 2 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Sexta, 20 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)