Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/03/2015 16:10

Motoristas esperam que ICMS menor reflita nas bombas

Dourados News

Na tarde de quarta-feira (04), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, anunciou que encaminhará projeto para a Assembleia Legislativa na intenção de reduzir o valor cobrado no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel no Estado, de 17% para 12%. Para isso, ele quer as distribuidoras e os postos de combustíveis trabalhando em conjunto para que essa redução chegue efetivamente ao consumidor final.

Para Jorge de Souza, membro do Sindicam (Sindicato dos Caminhoneiros autônomos) essa medida foi bem recebida pela categoria, porém a preocupação também é com o repasse desse valor.

“A notícia é boa. Mas, é necessário a garantia que isso vá chegar nas bombas, pois eu acho que as distribuidoras que tem segurado os preços. Tem que ter um valor competitivo nas bombas o que faria um diferença de fato para nós seria uma redução de média R$ 0,30. O governador fez o compromisso de verificar essa situação e vamos aguardar”, pontuou.

Segundo ele, com a medida, a economia seria benéfica para os caminhoneiros e para a população. “Diminuiria nossos custos. Com a garantia de que o valor do frete não vá diminuir, assim, teríamos estabilidade para nós e os consumidores”, ressaltou.

De acordo com a assessoria de comunicação do Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Mato Grosso do Sul) a notícia foi recebida de forma positiva. Quanto a afirmação do governador que o Sindicato deve trabalhar em conjunto as distribuidoras para que a diminuição seja repassada ao consumidor final, a assessoria destacou que isso independe da entidade.

“Só se a distribuidora abaixar o preço, nós não podemos controlar isso”, destacou a assessoria.

utra afirmação do governador foi que há um estudo para que o valor do IPVA para veículos de transporte de cargas seja reduzido. “Estamos estudando, de maneira responsável, uma forma de reduzir o IPVA dos caminhões de transporte de cargas, mas ainda não temos uma data definida para apresentar esses dados ao segmento”, disse.

Os representantes do transporte de cargas solicitaram ao governador apoio na questão da vistoria de veículos com mais de 10 anos. Reinaldo garantiu o apoio do Governo do Estado, mas disse que essa é uma luta nacional e essa determinação de vistoriar os veículos é feita pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). “Vamos apoiar a reivindicação, que é nacional, mas essa determinação de vistoriar os veículos é repassada aos estados através do Denatran”, finalizou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)