Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/05/2012 19:01

Mortes por aids apresentam queda em SP

Elaine Patricia Cruz, Agência Brasil

São Paulo - O número de mortes em decorrência do vírus da aids no Estado de São Paulo está em queda. Se em 1995, ano de maior mortalidade em decorrência do vírus, ocorreram 7.739 casos fatais em todo o estado; em 2010 o número de casos caiu para menos da metade (3.141 eventos fatais). Os dados foram divulgados hoje (16) pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), com base em informações obtidas pelo registro civil.

Segundo a Fundação Seade, entre 1985 e 2010, 97.494 pessoas morreram em decorrência da aids em todo o estado. Desse total, 72.033 eram homens.

“No início da década de 1990, a aids respondia por 1,5% do total de mortes de residentes no estado de São Paulo e passou a 3,4% em 1995, ano de pico da mortalidade da epidemia. Já em 2010, ela foi responsável por 1,2% dos óbitos”, diz a pesquisa.

A maior proporção de óbitos concentra-se atualmente na faixa etária de 40 a 44 anos, entre homens, e de 35 a 39 anos, para mulheres. Isso indica, segundo a Fundação Seade, um visível envelhecimento no padrão da mortalidade, já que em 1990 o maior número de mortes se concentrava no grupo de 30 a 34 anos, para homens, e de 25 a 29 anos, para mulheres.

Para a Fundação Seade, os avanços da terapia antirretroviral e a distribuição universal e gratuita dos medicamentos assegurada pelo Ministério da Saúde tem contribuído para aumentar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida dos portadores do vírus da aids.

Edição: Fábio Massalli

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)