Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/12/2004 12:59

Mortalidade materna ainda é alta no país

Benedito Mendonça / ABr

O ministro da Saúde, Humberto Costa, disse hoje, em Recife, que a taxa de mortalidade materna no Brasil ainda é muito alta, chegando a 70 para cada mil partos. O nível aceitável, segundo ele, seria na faixa de 10 a 16. "Ainda há muito a fazer para se chegar a números ideais", afirmou.

A afirmação de Humberto Costa foi feita durante a entrega do 1º Prêmio Nacional Professor Fernando Figueira ao Instituto Materno Infantil de Pernambuco. A instituição recebeu o prêmio em duas áreas, na categoria atendimento hospitalar pediátrico e no atendimento em terapia intensiva.

O objetivo do prêmio, segundo Humberto Costa, é reconhecer o trabalho das instituições que lidam com a saúde da criança e da mulher e que tenham tido experiências pioneiras do ponto de vista da humanização.

Ao todo, 40 instituições públicas e privadas conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) de 23 estados concorreram à primeira edição do prêmio Nacional criado no governo Lula. Cada uma vai receber R$ 15 mil. Na opinião do ministro, "essas instituições têm dado contribuições importantes para que os números de mortalidade infantil possam ser reduzidos".

Além de premiar o atendimento pediátrico humanizado, o Ministério da Saúde também está promovendo o estímulo ao aleitamento materno, de importância estratégica para o Pacto pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal. O pacto foi firmado em março deste ano pela União, estados, municípios e sociedade civil. A iniciativa do Ministério da Saúde prevê um conjunto de ações que visam diminuir em 15% os atuais índices de mortes de mulheres e de bebês com até 28 dias de vida até o final de 2006.

De acordo com o Ministério da Saúde, no ano de 2002, duas mil mulheres e mais de 38 mil crianças nessa faixa de idade morreram no país por complicações na gravidez, no parto e no pós-parto.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)