Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/01/2013 13:02

Morrem reféns e sequestradores em ataque a refinaria na Argélia

BBC Brasil

Brasília - Onze militantes foram mortos por soldados da Argélia durante um ataque realizado para libertar os reféns mantidos em um refinaria de gás em Amena, no deserto do Saara, segundo a agência de notícias estatal argelina APS. As forças especiais do país realizaram um ataque final na refinaria de gás neste sábado (19). Os sete reféns que estavam no local foram mortos pelos sequestradores enquanto os soldados tentavam libertá-los, de acordo com a agência.

Ainda não foram divulgadas as nacionalidades dos reféns mortos. Os detalhes da operação e das mortes ainda não estão claros e não há confirmação das informações.Os militantes sequestraram os funcionários da refinaria na quarta-feira (16) e, na quinta (17), os militares argelinos realizaram as primeiras tentativas de resgate.

Pouco antes da divulgação das primeiras informações sobre o fim do cerco à refinaria, o líder dos sequestradores, Abdul Rahman al-Nigeri, afirmou que o governo argelino tinha que escolher entre a negociação com os militantes e a morte dos reféns. Nigeri disse que tinha instalado bombas na área onde sequestradores e reféns estavam e prometeu explodir todo o complexo caso o Exército tentasse invadir.

Inicialmente, a agência de notícias APS informou que 12 funcionários da refinaria, argelinos e estrangeiros, tinham sido mortos desde as primeiras tentativas de resgate. Os militantes, por sua vez, informaram que estavam mantendo sete reféns antes do ataque. Ainda não há informações sobre 30 estrangeiros, incluindo dez cidadãos britânicos.

A refinaria de Amenas fica a cerca de 1.300 quilômetros ao sul da capital, Argel, e é administrada pela British Petroleum (BP), do Reino Unido; pela Statoil, da Noruega; e por uma companhia de petróleo estatal da Argélia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)