Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/10/2011 15:04

Morre Wilson Fadul

Ângela Kempfer, Campo Grande News
Fadul ao lado de Trancredo NevesFadul ao lado de Trancredo Neves

Ex-prefeito de Campo Grande na década de 50, Wilson Fadul morreu de insuficiência cardíaca às 6h55 de hoje no Rio de Janeiro. Aos 91 anos, ele estava internado desde o início deste mês no Hospital São Lucas, em Copacabana.

Fadul também foi vereador pelo PTB em Mato Grosso do Sul e assumiu a prefeitura da Capital em 1952. Depois, foi eleito por 3 vezes deputado federal, de 54 a 62.

No governo João Goulard ocupou o cargo de Ministro da Saúde e assina a primeira política nacional de Saúde Pública do País.

Oficial da Aeronáutica, estava ao lado de Jango em 64 quando o golpe militar derrubou o governo democrático no Brasil.

Durante o curto período no Ministério, realizou pesquisa que rende destaque até hoje.

Verificou índice de desnacionalização na indústria farmacêutica no Brasil de 95%. Na época, o governo federal criou o Grupo Executivo da Indústria Farmacêutica Nacional com o objetivo de defender a indústria nacional de medicamentos, proibindo a importação de matéria-prima a preços fora da concorrência internacional e incentivando a implantação de uma indústria química de base.

Com os militares no poder, foi exonerado, reassumiu a cadeira na Câmara, mas teve o mandato cassado, assim como os direitos políticos suspensos por dez anos pelo Ato Institucional nº 1 (AI-1).

Depois do golpe, fundou a editora Paz e Terra e a Frente Ampla em Favor da Redemocratização do País. Virou interlocutor de Jango no exílio, se mudou para Frnaça onde estudou Filosofia e só retornou com a anistia.

Já no Brasil, ajudou Brizola a criar o PDT e voltou a Mato Grosso do Sul para ser candidato ao governo em 1982. Derrotado, retornou ao Rio onde vivia até agora.

Vida em Campo Grande - Formado pela Faculdade Fluminense de Medicina, em 1945, no ano seguinte ingressou na Aeronáutica e como segundo-tenente médico acabou transferido para Campo Grande.

Em 1951 passou a ser presidente da Câmara Municipal e a caminhada até a prefeitura foi naturalmente conduzida. Deixou a cidade ao ser eleito em 54 deputado federal por Mato Grosso.

O corpo será velado amanhã, das 9h às 16h, no salão nobre da Assembleia Legislativa do Rio. A família optou pela cremação na próxima sexta-feira. Fadul é natural de Valença (RJ)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)