Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/09/2014 16:13

Morre o prof. Luiz Hildebrando Pereira da Silva

Morre brasileiro reconhecido como um dos maiores cientistas do mundo em malária

Aline Leal

Morreu na noite dessa quarta-feira (24) aos 86 anos o diretor e fundador do Instituto de Pesquisa em Patologias Tropicais de Rondônia (Ipepatro Rondônia), Luiz Hildebrando Pereira da Silva, um dos maiores pesquisadores em malária do mundo. O cientista estava internado na UTI do Instituto do Coração, em São Paulo, onde era tratado de uma pneumonia desde o dia 8 de setembro. Ele faleceu em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

Depois de se formar em medicina pela Universidade de São Paulo (USP) em 1953, o cientista foi para o sertão da Paraíba para desenvolver pesquisas relacionadas à epidemiologia de doenças parasitárias. Retornou a USP em 1956, como professor da cadeira de parasitologia, e obteve a livre-docência em 1960. Demitido pelo Ato Institucional 1 em 1964, exilou-se na França e integrou-se ao Instituto Pasteur, em Paris.

Depois de aposentado do Pasteur, em 1996, Luiz Hidelbrando voltou ao Brasil, integrando o Centro de Pesquisa em Medicina Tropical de Rondônia. Organizou depois o Ipepatro Rondônia, ligado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que reúne atualmente especialistas de renome e várias dezenas de jovens pesquisadores formados nos programas de pós-graduação da Universidade Federal de Rondônia.

Neste ano, o pesquisador foi homenageado pelo governo de Rondônia com a Ordem do Mérito Marechal Rondon. Ele também foi um dos vencedores do prêmio da Fundação Conrado Wessel, na categoria de ciência, considerado pela Fiocruz como um dos prêmios mais tradicionais da área de ciência no Brasil.

Luiz Hidelbrando era um dos mais respeitados estudiosos de doenças tropicais do mundo e estava atuando como vice-diretor de Pesquisa e Laboratórios de Referência da Fiocruz Rondônia.

O corpo do cientista será cremado amanhã em São Paulo e as cinzas serão levadas para a capital de Rondônia, Porto Velho. Ele era casado e pai de cinco filhos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)