Cassilândia, Domingo, 30 de Abril de 2017

Últimas Notícias

02/05/2015 16:55

Morre aos 89 anos Maya Plisetskaya

Jornal Extra
Maya Plisetskaya, em uma de suas últimas apresentações, ao lado do estilista francês Pierre Cardin Foto: Sergei Karpukhin / ReutersMaya Plisetskaya, em uma de suas últimas apresentações, ao lado do estilista francês Pierre Cardin Foto: Sergei Karpukhin / Reuters

Morreu neste sábado, em Munique, na Alemanha, a bailarina e coreógrafa russa Maya Plisetskaya, aos 89 anos, vítima de um ataque cardíaco. Considerada por muitos uma das maiores bailarinas do século XX, a “rainha do mar”, como era conhecida, chegou a ser atendida por uma equipe médica, ainda em casa, mas não resistiu.

A informação foi confirmada pelo diretor do Teatro Bolshoi, Vladimir Urin, em entrevista às agências de notícias russas TASS e RIA Novosti: “Foi um ataque cardíaco fulminante. Os médicos tentaram de tudo, mas não havia nada que pudessem fazer. Algumas semanas atrás nos encontramos. Ela parecia saudável, fez brincadeira, mas aconteceu. O coração da maior entre todas as bailarinas parou”, declarou.

Por meio da agência de notícias do governo russo, o presidente Vladimir Putin lamentou a morte de Plisetskaya. O primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvédev, também falou sobre a bailarina, que ele classificou como genial. “Parte Maya Plisetskaya. Uma bailarina genial, cuja personalidade gozava de uma combinação única de arte, beleza, honestidade e dignidade. De gente assim é especialmente difícil se despedir. Com ela se vai toda uma era do balé”, escreveu Medvédev, em sua conta oficial no Facebook.

Plisetskaya é responsável por criar o Balé Imperial Russo e se apresentou em espetáculos clássicos da companhia como “O Lago dos Cisnes”, “Ana Karenina”, “Dom Quixote” e “Carmem”. Em mais de 50 anos de carreira, a bailarina se apresentou em mais de mil oportunidades. Além de comandar a tradicional companhia russa, Maya dirigiu o Balé Clássico Nacional de Espanha, nos anos 1990. Pelos serviços prestados, ela foi contemplada com o título de cidadã espanhola.

Nos anos 1990, Maya Plisetskaya obteve nacionalidade espanhola depois de ter dirigido o Ballet Clássico Nacional de Espanha. Em 2005 foi distinguida com o Prêmio Príncipe das Astúrias das Artes de Espanha.

Maya Plisetskaya era casada com o compositor russo Rodion Shchedrin. Os dois moravam em Munique desde o final da década de 90. O sepultamento da bailarina deve acontecer na cidade alemã, neste domingo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 30 de Abril de 2017
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)