Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/03/2006 07:52

Morar em áreas rurais faz bem à saúde respiratória

Agência Notisa

Segundo estudo realizado na Escócia, tais regiões apresentam menor prevalência de asma e de outros sintomas respiratórios, como o chiado.

Morar em áreas rurais é bom para a saúde respiratória? Em boa parte dos casos, sim. Pelo menos essa foi a conclusão de um estudo realizado na Escócia com o objetivo de investigar a epidemiologia da doença respiratória no país. Participaram do estudo 4.560 adultos registrados em pelo menos uma das 57 unidades de assistência familiar (22 rurais e 35 urbanas) em todo o país. O artigo sobre o estudo foi publicado na revista “Chest”.

Os dados dos pacientes foram coletados através de questionário via correio, abrangendo idade, sexo, fatores socioeconômicos, hábitos de fumo, doenças selecionadas (principais doenças respiratórias e atópicas e outras condições significativas), sintomas respiratórios, uso de medicamentos e serviços de saúde, além de qualidade de vida. A percentagem de resposta foi de 60%.

Segundo o texto, os moradores de áreas rurais mostraram significativa baixa prevalência de rinite, asma e eczema/dermatite. “Essas regiões foram menos relacionadas com queixas de tosse persistente e sintomas diferentes indicativos de asma (tipos de falta de ar e chiado) do que áreas urbanas”, afirmam no artigo Lisa Iversen, Philip C. Hannaford, David B. Price e David J. Godden, pesquisadores da University of Aberdeen, UK, responsáveis pelo estudo.

O texto destaca, ainda, que “morar em uma área rural foi associado a menor prevalência de asma, mas não a outras doenças respiratórias crônicas, e a uma baixa prevalência de alguns sintomas respiratórios (incluindo chiado)”.

Por fim, os pesquisadores concluíram que, mesmo nos casos de outras doenças crônicas em que a prevalência encontrada não diferiu entre as regiões rural e urbana, a qualidade de vida das pessoas que moravam no campo era consideravelmente melhor. “Participantes de áreas rurais queixando-se de DPOC ou enfisema, ou mesmo tosse tinham qualidade de vida significativamente superior com relação aos participantes das áreas urbanas”, destacam no texto.

Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)