Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

27/12/2013 10:51

Moradores se revoltam e impedem corte de energia em 190 residências

Campo Grande News

Moradores da Favela Portelinha, na região do Bairro Estrela do Sul, na saída para Cuiabá, revoltaram-se com o corte de energia elétrica no meio das festividades de fim ano e impediram o fim das gambiarras em 190 residências. A Polícia Militar foi chamada para intervir e evitar um confronto na manhã desta sexta-feira (27).

O tumulto começou com a chegada de quatro equipes da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) para cumprir a ordem de acabar com os gatos, como são conhecidas as ligações clandestinas de energia elétrica. A confusão aumentou quando eles informaram que a ordem era da Emha (Agência Municipal de Habitação) e do perfeito Alcides Bernal (PP).

As 190 famílias se reuniram e impediram o corte da luz. Sem condições de trabalhar e temendo a reação da população, a Enersul chamou a Polícia Militar. O sargento Marcos Rubio afirmou a intervenção foi necessária para evitar tumulto e confronto. Ele acabou conversando com as equipes da Enersul para que os cortes fiquem para depois do Ano Novo.

O borracheiro Erkuiam Gimenez, 41 anos, contou que as famílias impediram o corte geral porque ninguém no bairro foi notificado da suspensão no fornecimento de luz elétrica. Ele disse que a medida iria prejudicar as famílias durante os festejos de Ano Novo.

Ele explicou também que as família serão removidas da favela para o Conjunto Izabel Garden, em construção na saída para Cuiabá. Então, os moradores vão pedir para a Emha intervir e garantir o fornecimento de energia até a remoção, prevista para março de 2014.

A dona de casa Rose Maria de Souza, 48, contou que precisa da energia elétrica porque os medicamentos ficam na geladeira. Ela realizou uma cirurgia para a retirada do mioma do útero há 20 dias e precisa de soro fisiológico e amoxicilina (antibiótico). Rose ainda ressaltou que há idosos, grávidas e recém-nascidos que precisam de energia na favela.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Junho de 2017
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)