Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/04/2006 17:44

Moka entra com recurso para validar sua vitória no PMDB

Leandro Calixto / Campo Grande News

“A mesa diretora da Câmara só vai reconhecer o novo líder do PMDB quando esse deputado for ligado ao governo”. Assim o deputado Waldemir Moka (MS), que venceu a eleição para líder do partido na última quarta-feira com 35 votos contra quatro de Wilson Santiago (PB), reagiu a posição do presidente da Câmara, Aldo Rabelo (PC do B-SP), que não reconheceu a vitória do deputado do Mato Grosso do Sul. Moka já entrou com um recurso na própria Câmara e espera por uma posição até a próxima segunda-feira.

A briga para ver quem é o novo líder do partido está se arrastando há quase um mês. Primeiro Moka foi colocado no posto de comandante da bancada, após 44 deputados assinarem uma lista. Depois disso, Moka foi deposto do cargo. Na semana passada, os dois candidatos assinaram uma lista convocando nova eleição. No dia do pleito, o deputado Santiago e seus aliados não compareceram na votação tentando esvaziar a eleição. Mesmo assim, houve quorum e a eleição foi realizada.

Mas segundo Aldo Rabelo, a assinatura do deputado Geddel Vieira Lima não foi reconhecida. O próprio deputado, no entanto, segundo Moka, assumiu que assinou a lista. “O Aldo é ligado ao presidente Lula. Como sou da ala independente do governo, eles não querem que eu seja o líder”, completou Moka.

Apesar de toda polêmica em torno da escolha do novo líder, Moka avisa que não irá desistir. “Vou continuar lutando. Quero comandar uma bancada justa, inclusive com o presidente Lula. Esperava que minha vitória fosse legitimidade”, completou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)