Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/01/2009 16:26

Mohammed, acusado de matar inglesa, está sendo examinado

TJGO

O estudante Mohammed d´Ali Carvalho dos Santos, acusado de matar e esquartejar a inglesa Cara Marie Burke, em 26 de julho do ano passado, em um apartamento no Setor Universitário, está sendo submetido desde ontem (21) a uma avaliação psicodiagnóstica na Junta Médica do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO). A avaliação, que tem a duração de três dias e está sendo realizada por uma equipe de psicólogos do TJGO, se estenderá até amanhã (23). Segundo Adriano Carvalho de Oliveira, diretor da Junta Médica do TJGO, a avaliação psicológica vai auxiliar nas conclusões do exame de insanidade mental, já realizado em dezembro por psiquiatras da Junta Médica. Ele informou que o resultado dos laudos deve ficar pronto em aproximadamente 20 dias.

Mohamed é acusado de homicídio qualificado (motivo fútil e utilizando-se de emboscada), contra a inglesa, além de destruição, ocultação de cadáver e corrupção ativa. De acordo com o Ministério Público de Goiás (MP-GO), Mohammed matou Cara Marie Burke a facadas, esquartejou o corpo e, com a participação de Cristiano Cardoso Silva, ocultou as partes. Ainda segundo a denúncia, a motivação de Mohammed era o temor de que Cara não cumprisse acordo de casamento, feito na Inglaterra, onde eles se conheceram. Com o objetivo de obter a cidadania inglesa, ele propôs a Cara pagar sua passagem para o Brasil, desde que se casasse com ele. Eles chegaram a viver juntos, sem qualquer relacionamento amoroso, até a vítima se mudar para um outro bairro. A garota estava com medo de Mohammed devido ao seu envolvimento com drogas.

Parte do corpo de Cara foi encontrado por volta das 19 horas de 28 de julho do ano passado, dentro de uma mala preta, às margens do Rio Meia Ponte, na BR -153, no Conjunto Caiçara. Ela estava envolvida em lençóis e um cobertor, sem a cabeça, as duas pernas e os dois antebraços, que foram encontrados no Ribeirão Sozinha, em Bonfinópolis, nos dias 3 e 4 de agosto. Mohammed foi preso às 4 horas da madrugada de 31 de julho do ano passado e, no dia 21 de agosto, Jesseir Coelho de Alcântara converteu sua prisão de temporária em preventiva. (Myrelle Motta)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)