Cassilândia, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

31/07/2017 06:40

Moça é perseguida por rapaz após anunciar celular no Facebook

Midiamax

Uma simples publicação da venda de um aparelho celular pelo valor de R$ 600 acabou em perseguição e difamação do interessado comprador contra a jovem de 20 anos que vendia o celular, em Campo Grande.

Ela contou ao Jornal Midiamax, que fez o anuncio da venda de seu aparelho em um grupo de vendas no Facebook, recebendo várias propostas de compra, inclusive, deste rapaz que teria aproximadamente 21 anos.

Durante a negociação do aparelho, ela teria pedido para que ele fosse buscar o celular em seu serviço, “Não ia dar meu endereço para uma pessoa que não conheço, e por isso, pedi para que buscasse no meu serviço”, explica.

O rapaz teria dito a ela que trabalhava em uma farmácia no mesmo shopping em que trabalhava. No dia seguinte, o autor entrou em contato dizendo que iria buscar o celular na casa da vítima, que disse que não ia dar o endereço e que se ele quisesse comprar teria que ir em seu local de trabalho.

Momento em que o rapaz começou a fazer perguntas íntimas como, se ela era solteira, se morava sozinha, sendo que nenhum dos questionamentos foi respondido. O rapaz então passou a fazer ameaças a vítima afirmando que sabia onde morava e que iria pular o muro e assaltar a residência.

A jovem tentou fazer um boletim de ocorrência por ameaça, mas foi informada na delegacia que não teria como registrar a ocorrência já que não tinha muitas informações do autor. Após isso, a vítima começou a receber em seu aparelho celular mensagens para fazer programas. 

Respondendo que não era garota de programa, um dos homens que teria mandado a mensagem disse que tinha uma publicação dela no Facebook como ‘sapequinha’ e seu número para contatos. O homem ainda teria dito que conhecia o autor da publicação fornecendo o telefone dele para a vítima.

Ainda segundo informações, na publicação feita pelo autor o local de serviço e o bairro onde a moça morava era colocado no anuncio. “Vou novamente na delegacia de polícia para registrar outro boletim contra ele”, explicou a jovem.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 16 de Agosto de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)