Cassilândia, Domingo, 30 de Abril de 2017

Últimas Notícias

07/05/2005 07:39

Missão norte-americana vai avaliar carne brasileira

Lilian de Macedo/ABr

As exportações de carne brasileira para os Estados Unidos, suspensas "preventivamente" pelo governo brasileiro, podem ser autorizadas a partir do dia 16 de maio. Nesta data, uma nova missão de técnicos norte-americanos fiscalizará os 28 frigoríficos que exportam para aquele país.

Os agentes vão verificar as medidas do governo brasileiro para sanar falhas administrativas, de treinamento de pessoal e de auditoria dos estabelecimentos. Estes foram os únicos problemas apontados pela primeira equipe que esteve no Brasil em abril deste ano. "A missão norte-americana não detectou nenhuma falha grave que comprometesse a qualidade do produto", conta Costa.

A previsão do diretor do Departamento de Inspeção Animal do Ministério da Agricultura, Nelmo da Costa, é que a situação esteja normalizada até o final do mês. De acordo com ele, a decisão do governo brasileiro de suspender a venda do produto àquele país vai ajudar a acelerar o processo de autorização das vendas.

"A ação preventiva do ministério mostra a seriedade e a responsabilidade do governo brasileiro quanto ao assunto. Isso dá confiança ao mercado", explica Costa. O Brasil não exporta o produto refrigerado para os Estados Unidos porque os frigoríficos brasileiros não tem o certificado da vigilância sanitária norte-americana. Em compensação, as exportações de carne cozida ou enlatada ultrapassaram as 55 mil toneladas no ano passado. O que representa aproximadamente US$ 197 milhões ou 35% das exportações de carne brasileira, segundo dados do Ministério da Agricultura.

Os Estados Unidos já suspenderam as exportações de carne brasileira em 2000. Naquele ano, o produto foi recusado após alegações de que os lotes não respeitavam os padrões sanitários estabelecidos. Nelmo da Costa lembra que a retomada da comercialização demora, em média, entre seis meses e um ano após a solução do problema.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)