Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

31/10/2005 13:53

Missão internacional vem a MS avaliar controle da aftosa

João Prestes / Campo Grande News

Uma missão formada pelo Comitê Veterinário Permanente do Cone Sul e por representantes do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa) vem a Mato Grosso do Sul para avaliar o controle dos focos de febre aftosa ocorridos no Estado. Antes, os técnicos passarão pelo Paraná.

O grupo saiu na quarta-feira passada de Assunção, no Paraguai, passou por Canindeyú e veio até a fronteira com o Mato Grosso do Sul para verificar o controle sanitário nas barreiras.

Hoje, a missão está no Paraná. A intenção é de que os técnicos também verifiquem o controle de ingresso na fronteira entre o Paraná e o Mato Grosso do Sul e percorram a região com focos confirmados, começando por Eldorado. Na sexta-feira, a missão deve se reunir em Campo Grande para discutir o resultado da visita.

O diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Jorge Caetano, ressalta que o Estado do Mato Grosso do Sul está tomando iniciativas importantes do ponto de vista sócio-econômico. “O Estado está empregando nas barreiras sanitárias pessoas que foram demitidas dos frigoríficos das regiões interditadas”, informou. Ele atuam, por exemplo, na desinfecção de veículos.

Exames - Segundo o diretor, ainda não há previsão para divulgação dos resultados dos exames laboratoriais que devem confirmar ou não o foco de febre aftosa no Paraná. Ele disse que o Laboratório Nacional Agropecuário de Belém (PA) ainda não conseguiu isolar o vírus, pois foi detectado um problema na cultura de células.

As suspeitas de focos de febre aftosa no Paraná foram comunicadas ao Ministério da Agricultura no dia 21 de outubro pela Secretaria de Agricultura do Paraná e abrangem os municípios de Amaporã, Loanda, Maringá e Grandes Rios. (Informações do Ministério da Agricultura)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)