Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/10/2005 15:05

Ministro pede mais R$ 78 milhões para defesa sanitária

Agência Estado / Campo Grande News

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, afirmou que está pleiteado à área econômica do governo a liberação de mais R$ 78 milhões. Esses recursos seriam usados, segundo ele, para ajudar os Estados no controle da febre aftosa e para "criar maior força de ação no foco do Mato grosso do Sul". Se o pedido for atendido, o orçamento inicial da Secretaria de Defesa Agropecuária será totalmente liberado.

Rodrigues explicou que o orçamento previsto para a Secretaria em 2005 era de R$ 169 milhões, o que, segundo ele, era "excelente, ótimo". Com o bloqueio de parte da verba da Secretaria por parte do Ministério da Fazenda, o disponível caiu para R$ 37 milhões. O Ministério da Agricultura pediu R$ 100 milhões para a área econômica e já recebeu R$ 54 milhões. No total, considerando os R$ 37 milhões liberados inicialmente, o orçamento da secretaria chega a R$ 91 milhões. Desse total, R$ 50 milhões já foram empenhados, ou seja, gastos pelo Ministério.

O ministro disse que os R$ 41 milhões que ainda não foram empenhados dependem de aspectos burocráticos. Com isso, o ministro esquivou-se de comentários de informações de técnicos do Ministério da Fazenda de que dos R$ 50 milhões liberados pela Agricultura, só teriam sido gastos cerca de R$ 4 milhões na vigilância sanitária. "Esses recursos não foram empenhados porque boa parte tem que ser repassada aos Estados que precisam apresentar planos de ação", disse. Perguntado se houve demora na liberação, o ministro disse: "Temos que correr atrás do prejuízo."

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)