Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/10/2005 06:32

Ministro Gilson Dipp nega habeas-corpus para Paulo Maluf

Marcela Rosa - STJ

O ministro Gilson Dipp, da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou habeas-corpus, impetrado em favor de Paulo Maluf, pelo deputado federal Ildeu Alves de Araújo (PP-SP). O pedido foi protocolado na última quinta-feira "por questão de ética", como alega o deputado.

O ex-prefeito de São Paulo e o seu filho Flávio estão presos há cerca de um mês na sede da Superintendência da Polícia Federal na capital paulista. Eles são acusados de corrupção, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e formação de quadrilha.

Histórico

Em 21 de agosto de 2002, instaurou-se inquérito policial na Superintendência Regional, em São Paulo, do Departamento de Polícia Federal, por requisição do Ministério Público Federal, com o objetivo de apurar delitos de evasão de divisas, sonegação fiscal, corrupção e de lavagem de capitais que, supostamente, se originariam em desvio de recursos públicos da municipalidade de São Paulo, ao tempo em que Paulo Maluf fora prefeito.

Ao longo de três anos, depoimentos foram colhidos e milhares de documentos acrescentados aos autos do processo, tendo culminado com relatório do Departamento de Polícia Federal em que se representou pela decretação da prisão preventiva de Flávio, de seu pai, Paulo Salim Maluf, e de Celso Roberto Pitta do Nascimento, que o sucedeu na prefeitura do município de São Paulo.

A prisão foi ordenada para "conveniência da instrução criminal". Segundo o Ministério Público, eles estariam agindo intensamente para ocultar provas ou intimidar testemunhas que podem incriminá-los na investigação sobre US$ 161 milhões que teriam enviado ilegalmente para os Estados Unidos.

Paulo Maluf e seu filho Flávio apresentaram-se espontaneamente à policia. Por terem seus habeas-corpus negados pela Justiça, os dois continuam presos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)